sábado, 28 de julho de 2012

Vazio - História longa

 Existem aqueles dias em que nada de especial acontece e você até está se sentindo bem,mas qualquer coisa,um pequeno detalhe é capaz de te entristecer ou te deixar com aquele espaço vazio aqui
Não adianta tentar achar motivos,essas coisas simplesmente acontecem.Sei que eu vou superar mais esse obstáculo que a vida colocou no meu caminho,sei que daqui há um mês ou menos até sequer vou lembrar desse momento,mas ainda assim estou triste,quero me dar o direito de chorar,de ficar na cama o dia todo,quero contemplar cada minuto dessa tristeza e quem sabe assim tirar mais uma lição disso tudo.
__________________________________________________________________________________


 Amores vou contar o que tem acontecido comigo nesse tempo que passei longe do blog(paralelo ao que já contei aqui).Acontece que lá no começo do ano quando voltei de féria do serviço começaram a trabalhar pessoas novas,entre elas dois rapazes que são irmãos de criação e amigos...Eu como sou tímida e as pessoas tem essa mania de me achar metida e tals não fiz amizade com eles logo de cara,tipo via todo mundo conversando com eles e eu era uma das poucas que não falava com eles,era até um pouco estranho porque eu sou a pessoa mais nova comparado com as mulheres que trabalham comigo e como eles são novos também (o Rtem 21 anos e o W tem 18)as pessoas imaginavam que nós fossemos nos dar bem logo de cara,mas enfim...Vocês lembram que eu estava meio apaixonada por aquele cara que era casado ou seja não tinha olhos pra mais ninguém,e falando sério o R e o W são realmente bonitos,o tempo foi passando e por questões pessoais esse cara que eu estava apaixonada saiu lá da firma antes que eu fizesse besteira,achei bom até porque ele estava me dando condição e como é casado tive medo de não conseguir resistir e fazer algo que me arrependesse depois,mas ainda bem que não fiz.Não sei explicar exatamente como ou quando mas eu comecei a conversar com eles por meio de outros colegas e os dias foram passando e eu logo de cara saquei que eles são daqueles que querem pegar várias,a maioria das mulheres que trabalham conosco já passaram dos 30 mas eles estavam lá sempre xavecando,abraçando,iludindo...Conforme o tempo ia passando nós íamos ficando mais e mais próximos até que o R. começou a dar em cima de mim,ele sempre me pareceu ser aquele tipo bom moço sabe enquanto o W. parece ser mais cachorro haha lindo engano!Eu não fiquei com o R. dai ele foi e ficou com uma colega nossa que ficou toda iludida e depois deu o fora nela,paralelo a isso eu fui ficando cada vez mais próxima do W. ele sempre ficava falando coisas pra mim,do tipo'tenho vontade de beijar sua boca'  'queria você na minha cama' e esse tipo de coisa com respeito é claro,mas estava sempre me abraçando...Ele estava saindo com uma mulher que trabalha com a gente que era casada e tudo mais,mas ele não tava nem ai,todo mundo sabia que ele só queria ficar com uma mulher mais velha pela 'experiência' ,mas a coitada ficava lá toda iludida correndo atrás dele,tipo como ela mora em outra cidade queria vir pra cá ficar em um hotel pra poder sair com ele,ele topou lógico,mas quando ela chamava ele pra combinarem e tudo mais ele deixava ela falando sozinha e vinha sentar-se comigo,resultado:essa mulher não gosta muito de mim.Por fim eles ficaram,quando chegou no outro dia todos estavam apostando que eles iam namorar e eis que...ele nem olhou na cara dela!! Tipo eles FICARAM JUNTOS em uma noite e no dia seguinte...
 Eu sabia que se ficasse com ele não ia poder me apegar nem esperar muito,mas daí as brincadeiras foram ficando mais intensas e a química foi rolando e na hora da janta nos saímos pra dar uma volta e ficamos,o R, foi conosco pra ninguém suspeitar,ia parecer três amigos que foram no bar sei lá...Trocamos uns beijos(suspiro) uns abraços ele foi bem respeitoso e tals,ai fomo voltar e é obvio que ele não me abraçou no caminho de volta nem nada,pra ninguem desconfiar,mas como sou muito dramática já fiquei com a cabeça a mil,nós sentamos no lugar de sempre e ele não me abraçou,ficou super frio.No outro dia na hora da janta ele NÃO sentou comigo,mas quando entramos pra trabalhar ele foi lá e pediu desculpas como era o dia do jogo do corinthians todos os caras estavam salivando por informações por isso não sentou comigo e sim do outro lado onde tinha uma Tv.Daí sosseguei,até porque ele voltou a ser como era carinhoso,só que nós desenvolvemos uma amizade grande sabe,as vezes em dias frios todos iam se proteger do frio enquanto os dois ficavamos lá refugiados no abraço um do outro,ele era aquele tipo de amigo que zoa,xinga,mas diz que ama,quando eu disse que ia me mudar ele ficou hiper mal,e toda hora vinha me implorar pra fica haha.Mas eis que o R. um dia me chamou pra ir num bar comprar bala e o W. ficou meio bolado mas sabe que não rolou nada,dai o R. voltou a me xavecar como quando nós nos conhecemos,e o como o W. começou dar de ir sentar com outras meninas e eu comecei a sentir ciumes e junto veio o medo de me apaixonar pois sei que iria sofrer caso isso acontecesse.Pensei de forma egoísta:Se alguém tem que sofrer que não seja eu.Aproveitei que o R. sempre vem comigo do serviço e fiquei com ele :(
 Querem saber de uma coisa?O arrependimento foi imediato!Assim que ele me deu o primeiro beijo,eu odiei o beijo dele,sem contar que ele foi super mal educado,sem pegada,abusado.Ficou todo ignorante porque não deixei ele colocar a mão nos meus seios,sabe pode parecer besteira,mas pra mim que já sofri abuso não é natural deixar uma cara qualquer fazer isso,ainda mais na rua e ainda por cima tem namorada(mas disso eu sabia)...Pode parecer exagero mas não consigo lidar com isso.Nós meio que discutimos e eu vim pra casa,ele me mandou mensagem depois me pilhando sabe e eu quase contei pra ele o que já me aconteceu,mas me contive e depois de muita conversa ele se desculpou alegando entender o meu lado e me chamando pra ir na casa dele no dia seguinte mas claro que não fui,aliás na quinta não tive coragem de sair da cama antes das 14:00 tamanha ressaca moral e não fui trabalhar e como estou de aviso prévio emendei a sexta.Daí hoje uma colega de serviço me contou que o W. se transferiu pra outro horário e eu tipo desmoronei :'(
Não fui trabalhar esses dois dias porque por algum motivo que não quero admitir estava com vergonha de encarar ele,e com raiva do R e algo me diz que perdi a chance de passar os últimos bons momento na companhia do W.

                         Mas porque estou tão triste com isso?!!

2 comentários:

  1. Oi, flor! Voltei ao blog e vim te fazer uma visitinha... Confesso que nao li seu post ENOORRMEE rs mas passei pra deixar um beijinho, viu?
    Se cuida, amore! FORÇA E CONTROLE!

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice!

    Li tuuuuddoooooo!

    Nossa é muito pra minha cabecinha!Sabe o quê eu não entendi Alice?Se vc sabia q os dois eram galinhas pq ficou com eles?

    Dois safados q não merecem você,em hipótese nenhuma.Você deveria estar feliz por se livrar de um,falta o outro e vai tarde,meu filho,Deus o leve pra longe da minha amiga.

    Não sofra por quem não presta.E digo mais:nesse tempo,enquanto vc está se lamentando,ele deve ter catado umas dez do outro horário(se ele não se tranferiu já de olho em alguma lá),nem lembra seu nome.

    Desejo que surja um homem maravilhoso na sua vida,que seja honesto,leal,fiel,que te olhe como o amor da vida dele,que te respeite todos os dias da sua vida.É isso que você merece,esta pessoa existe,não é o W nem o R eu tenho certeza.

    Postei fotos da minha bicharada,depois pode conferir,ok?

    E levante-se dessa cama mulher,se arrume,mostre que está firme e forte!

    Beijinhos :)

    ResponderExcluir