domingo, 15 de junho de 2014

E volta o cão arrependido...

Olá meninas como vocês estão?
Eu sei que eu andei um pouco totalmente em falta com o blog e principalmente com vocês,não tem desculpas mas tem explicação haha.Minha internet está horrível,isso faz com que tentar acessar qualquer coisa aqui seja um teste de paciência infinito e eu definitivamente não sou mais uma pessoa tão paciente.
O.k vamos deixar as desculpas de lado e vamos as novidades,o emprego está muito bem ando aprendendo coisas novas todos os dias,confesso que tive um pouco de problemas pra me adaptar no começo por causa da minha personalidade,sempre fui meio tímida mas os últimos acontecimentos da minha vida me transformaram numa pessoa bem mais introvertida,fazendo com que todos tirassem conclusões a meu respeito,muitas equivocadas,como acharem por exemplo que eu sou esquisita,só quero saber de ler,sou chata,metida blá blá mas honestamente isso não me incomodava,até o meu chefe conversar comigo,ele disse que eu tenho uma capacidade de aprendizado e adaptação ótimos,entretanto preciso falar mais,questionar,dar sugestões e minhas colegas de trabalho andaram pegando demais no meu pé nesse sentido,elas dizem que eu tenho que ser simpática,falar bom dia,boa tarde,dizem que eu devo sorrir pras pessoas.Como assim eu DEVO fazer algo que eu não tenho vontade?Mas sinceramente eu prefiro escolher com mais cuidado as coisas pelas quais eu quero lutar e pra falar a verdade essa é uma coisa pela qual não tenho o menor interesse,tipo eu sou uma mulher adulta então não tenho mais necessidade de ficar reafirmando minha personalidade pra ninguém,especialmente pra pessoas que não estão interessadas em aceitar e respeitar o meu jeito de ser,assim sendo penduro um sorriso plástico no rosto e saio distribuindo'ois' e 'tudo bem?' pra todo mundo.
A segunda novidade é que minha mãe foi saiu de casa,ele teve dias realmente difíceis eu a vi praticamente perdendo a sanidade e eu já não sabia mais o que fazer,eu tentava de tudo pra ajudar ela principalmente financeiramente e ela desesperada por atenção insistia em pegar o telefone ou entrar no facebook e falar pra qqr um que ela estava vivendo num inferno,que eu não falava com ela,que minha irmã a tratava mal e isso doía demais,mas eu não podia chamar ela na razão ela estava fora de si,todos me parabenizando por ser uma pessoa forte e cuidar da minha mãe e da minha irmã,e eu secretamente cogitando o suicídio,eu não queria mais ser forte,não queria mais cuidar de ninguém,eu queria ser cuidada também e será que isso era pedir demais?Até que um golpe duro do destino a viu enxergar que ela precisava de ajuda,ela tinha saído do emprego em um momento de desespero,estava sem dinheiro,daí decidiu ir pra casa da irmã dela,conversamos muito e chegamos a conclusão que ela precisava de um tempo pra se tratar,minha tia prometeu cuidar dela e ela foi.Eu não consigo nem colocar em palavras o quanto eu fiquei aliviada,não pensem que eu sou um monstro sem coração talvez um pouco,mas é que isso foi a melhor decisão que ela tomou,já fazem duas semanas que ela foi e eu falei com ela ontem pelo telefone e não consigo me lembrar qual foi a última vez que ela pareceu tão bem,feliz mesmo sabe se desculpou pedindo pra eu falar pra minha irmã que ela não abandonou a gente,mas nós sabemos disso,dói um pouco confessar que estamos infinitamente melhores longe umas das outras,mas ela está bem e feliz,minha irmã e eu estamos bem e felizes,então está tudo certo.Provavelmente vamos nos mudar pra um apartamento menor,estamos empolgadas com as viradas das nossas vidas :)
Por causa do meu trabalho tive que mudar minhas aulas de inglês,não vejo mais meu professor e sinto muita saudade,sei que ele perguntou de mim pela minha irmã que ainda faz aulas com ele,mas nada mais que isso :/
Estou estagnada no meu peso,mas pelo menos não engordei,ia começar academia mas as minhas despesas aumentaram um pouco então vou ter que fazer o que der em casa mesmo.Espero ser bem sucedida nisso ;)

                                                             Beijos

6 comentários:

  1. A partir do momento em que você é cuidada por alguém, essa pessoas tem o direito de mandar em você.
    Sério, eu não sei com o que você trabalha, então não dá pra dizer 'Faça isso'. Mas vê o que o chefe quer que você faça. E delete o resto. Sério. Viu que é alguma coisa que o chefe gostaria de ver em você? Muito bem. Faça isso. De resto, quem pediu a opinião dessas vacas invejosas ,hein?
    :*

    ResponderExcluir
  2. Você não é um monstro sem coração por querer se sentir melhor, por querer que ser cuidada e por querer que o mundo seja um pouco mais fácil pra vc. Se esta melhor para as duas então é óbvio que foi uma boa escolha.
    Sobre seu trabalho, depende muito de com o que vc trabalha..... Se vc tem que ter contato com outras pessoas irão todos quererem que vc seja mais "simpatica".... Na minha opinião vc tem que ouvir só o que seu chefe diz, ele que sabe o que é necessário pra vc crescer no seu emprego.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Na minha modesta opinião acho, que em alguns aspectos vc está certa e em outros... Pelo seguinte nesta vida QUERENDO OU NÃO a gente sempre ter que engolir alguns "sapos"...ainda mais agora que vc precisa arcar com despesas e tals... esse negócio de dar bom dia, boa tarde, não tem nada a ver com sua personalidade e sim com educação! Então não precisa ser "amiga" de alguém apenas torne o ambiente de trabalho bacana, mesmo porque ninguém é tão auto-suficiente que não precisa de ninguém...Pense nisso com carinho tá. Ana Luísa

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente somos condicionadas ao que a sociedade nos impõe. As vezes eh necessario dar um sorriso mesmo quando a vontade eh chorar. Acostume-se. Esse eh o mundo que vivemos.
    Mas tenha força.
    Bjoos
    Ps.: voltei cm meu blog dps d mais d um ano.

    ResponderExcluir
  5. Você não é um monstro, cuidar de alguém com algum distúrbio é muito complicado, eu sei pois cuidei da minha mãe por muito tempo! E sei o alivio que vocês estão sentindo. As vezes é bom não cuidar de alguém além de você mesma! Se ela está bem, feliz, e se tratando, não se sinta culpada, sinta-se feliz por tudo isto!

    Sobre seu emprego, bem vindo ao mundo real, ao mundo "adulto"... infelizmente é assim, temos que ser simpáticos até com que nos pisa, onde trabalhamos, não AMIGOS, mais cordiais, educados, simpáticos e sorriso no rosto este tem que ter mesmo, MESMO que o mundo esteja desabando em nossas cabeças... é assim neste mundo. Infelizmente é assim que funciona!

    Boa sorte na sua nova jornada!
    Abraços,
    Lia*

    ResponderExcluir
  6. Andei sumida por culpa do fim de semestre
    Andei sem fazer nenhuma dieta, miei e comi.
    De recompensa ganhei uma inflamação bem ruim nas amígdalas, que já curei.
    Mesmo miando engordei, agora e reverter a situação e caprichar na dieta.
    Estava com saudade de vir aqui.

    Sobre tua mãe ter se mudado... Exite momentos na vida em que temos que ser um pouco egoístas e cuidarmos de nossas próprias vidas. Tu e tua irmã tentaram de todas as formas ajudar, mas a situação acabou levando vcs em um limite em que ninguém estava se fazendo bem - vcs não se cuidavam (pois estavam sofrendo e com pensamentos mto negativos) e nem conseguiam, infelizmente, ajuda-la da forma adequada.
    Fico muito feliz que esteja bem e feliz
    Boa sorte nessa nova página do livro da vida que começa a escrever
    Bjokonas
    ;***

    ResponderExcluir