segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Mais do mesmo

 Já repararam que sempre que eu sumo do blog sempre volto com as mesmas desculpas?Aliás todas nós inclusive,sempre existe um motivo que nos afastam daqui por um tempo,mas eu voltei,não sei por quanto tempo,mas voltei.Voltei pra dizer que estou viva e ainda não desisti dos meus objetivos.

 Mas o motivo do meu sumiço dessa vez foi um pouco nobre.Se me perguntarem por onde andei todo esse tempo,direi: Estava vivendo!
 Andei trabalhando muito,esses três últimos meses,a mulher que trabalha comigo engravidou,gravidez de risco teve de ser afastada,daí foi aquela correria,e o tempo que me sobrava andei viajando,conhecendo pessoas,saindo,vivendo...
 As coisas em casa estão como sempre,na verdade com algumas mudanças,minha mãe está namorando,isso faz ela ficar ótima,entretanto se o cara deixa de ligar ou diz que não vai poder vir vê-la é aquele "Deus nos acuda",ela chora faz drama,as vezes eu vejo minha mãe como uma adolescente idiota de doze anos(se você é nova por aqui e acha isso uma coisa cruel pra se dizer de uma mãe,volte alguns posts e se atualize)faz coisas e me dá trabalho como eu nunca jamais dei á ela,estou tão cansada de ser a mãe dela!Isso me fez envelhecer um pouco mais nesses últimos meses,mas fora isso está tudo bem.
 Quem se lembra do professor gato,que por muitas vezes foi protagonista de muitos posts aqui no blog?Voltei a fazer aulas com ele,e percebi uma coisa,ele não me abala tanto quanto antes,tenho uma teoria:Quando eu conheci ele eu estava vivendo simplesmente o pior momento da minha vida,meus pais se separando,estava gorda e sem esperanças,então via em qualquer coisa que ele fizesse ou dissesse uma chance de escapar da minha realidade,eu tinha um emprego horrível,não tinha conseguido entrar na faculdade,meu pai tinha nos deixado na merda,eu me sentia feia,péssima,etc...Só que hoje em dia não é mais assim,eu estou em um emprego legal,estou mais magra e me sinto mais bonita e segura (não o bastante),então depois de seis meses sem vê-lo,eu entro na sala com as pernas tremendo,e quando olhei pra ele foi como ver qualquer outra pessoa,eu consegui conversar com ele sem baixar os olhos,fiz piada,fui 'eu mesma' e acho que isso foi bom.Eu costumo dizer que antes eu estava sofrendo de um 'complexo de vira-lata' eu só conseguia ver as coisas ruins em mim e em minha vida,e pra mim todos eram melhor que eu,hoje isso mudou,não muito,mas já consigo olhar as pessoas nos olhos,consigo me impor,digo 'não' quando não quero,não sinto mais aquela necessidade de agradar.Estou exorcizando alguns demônios da minha vida,e isso tem me feito tão bem,já voltei a sonhar,fazer planos e correndo o risco de parecer egocêntrica ouso dizer que estou orgulhosa de mim mesma,cresci muito nos últimos meses e aprendi a não ficar sofrendo por pessoas que não valem a pena,aos poucos estou jogando uma pá de cal na cova em que joguei alguns desses esqueletos,a bagagem está ficando mais leve,tem sido mais fácil caminhar.

4 comentários:

  1. você não vai sumir mais não é mesmo :\ ? comecei a seguir teu blog hoje achei tudo muito inspirador , e quero te apoiar semrpe haha <3 mas como tu disse vc já esta mais magra , ain isso foi tao inspirador pra mim *---* fiz um blog a 12 , 13 dias http://missanapowerfull.blogspot.com.br , ? , conta comigo sempre , <3

    ResponderExcluir
  2. Inspiradora sua história!!!
    Começei com a Ana ha alguns dias e criei um blog para contar um pouco sobre isso http://ohqueridaana.blogspot.com.br/?m=1
    Se vc puder dar uma passadinha lá, eu ficaria honrada.
    Kiss,
    Charlotte

    ResponderExcluir
  3. estava vivendo, complexo de vira-latas, fazer piadas - que post agradável de ler! adorei! isso mesmo gata!!!
    saudadinhas...
    também sumi e agora voltei rsrsrsrs
    aparece
    bjokonas
    ;***

    ResponderExcluir